19 de jan de 2009

NOVELO


Com fina linha prateada
o sonhador borda a sua vida:
na fronteira entre o dia e a noite,
entre uma estrela e outra,
uma palavra e sua sombra,
ergue um castelo de vento,
desfralda as bandeiras da paz.

Roseana Murray

Nenhum comentário:

Postar um comentário