16 de jan de 2009

Meu canto


O sabiá come a banana,
o gaturamo, a sementinha,
o sanhaçu belisca a ameixa,
que está bem madurinha.

E o mamão amarelinho,
quem foi que bicou?
Deve ter sido o tié,
que cedinho aqui passou.

Os pardais, nos beirados,
fazem alvoroço, alegram a casa.
Acordam cedo, muito animados,
acho que felizes por terem asas.

E eu fico feliz
de morar neste recanto.
Tem deleites pra toda a vida,
felicidade por todo o canto.

Odete Ronchi Baltazar

Nenhum comentário:

Postar um comentário