20 de jan de 2009

A Galinha-D'Angola


Coitada
Da galinha-
D'Angola
Não anda
Regulando
Da bola
Não pára
De comer
A matraca
E vive
A reclamar
Que está fraca:

— "Tou fraca! Tou fraca!"

Vinícius de Moraes

3 comentários:

  1. amo poesia e agora resolvi trabalhá-las com minha turminha de berçárioII, eles estão amando... Adorei a Galinha d'angola e vou usá-la logo após as férias!!

    Amei este blog!!
    com carinho!!!

    ResponderExcluir