28 de jan de 2012

UMA ESTRELINHA

No céu tem muitas estrelas
Pontos luminosos e piscantes
Certa noite, encontrei
Uma estrelinha falante!

Distante das outras estrelas
A estrelinha vivia sozinha
Prometi todas as noites
Contar-lhe histórias belas.

Minhas noites são mais alegres
E a estrelinha não mais tristonha
Agora, dorme comigo, fingindo-se de fronha
Para alcançá-la, fico na ponta dos pés.
(Rosângela Trajano)


Nenhum comentário:

Postar um comentário